Review Category : Notícias

Suco rosa: ideal para quem pratica exercícios

Depois da febre do suco verde com alo poder detox agora é a vez do suco rosa que promete melhor o desempenho nos treinos para as fitness.

Ele recebeu o nome de suco rosa por realmente ficar cor de rosa, já que ele é feito à base de beterraba que é rica em flavonoides e antocianinas, antioxidantes que ajudam na proteção do sistema cardiovascular, além de estimular a formação de colágeno, traz mais disposição, atem ação anti-inflamatória e ajuda a minimizar a retenção de líquidos. Outro detalha muito importante para quem malha é que esse suco promete melhorar em até 10 % o desempenho físico e ainda ajudar na recuperação dos músculos e no ganho de massa magra.

Esse suco á é o queridinho das fitness da Europa das celebridades. Vamos ver se a moda pega por aqui!

Receitas de suco rosa:

1-     Beterraba e suco de uva

2 colheres de sopa de beterraba crua + ½ xícara de mirtilo (ou 15 unidades) + 3 folhas de hortelã + 50ml de suco de uva integral orgânico sem açúcar + 200ml de água de coco gelada

2-     Beterraba e goji berry

¼ xícara de mirtilo + 2 colheres de sopa de goji berries (deixar de molho por 2 horas antes de consumir) + 3 colheres de sopa de beterraba crua + 100ml de água + gelo à gosto

3-     Beterraba e laranja

1 beterraba pequena + meio pote de iogurte + 1/2 copo de água gelada + suco de 1 laranja + gelo

Modo de Fazer (válido para todas as receitas):

Bata todos os ingredientes no liquidificador, não coe e beba em seguida. E não adicione açúcar.

Atenção!

Modo de consumir: beba até 2 horas antes do treino.

Fonte: Portal: Se liga mulher

Read More →

Ex-diretor defende opção da CBF de trazer Dunga de volta: “Experiência”

dungajorginhoamericofaria_pho950A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não oficializou a escolha, mas já é público o fato de que Dunga será o novo técnico da Seleção. Depois de exatos quatro anos, o treinador, campeão da Copa América de 2007 e das Confederações em 2009, está de volta ao cargo. Seu retorno, contestado por uns e elogiado por outros, divide opiniões, mas não a de Américo Faria: o ex-diretor da CBF gostou da notícia.

Américo ocupou cargos executivos na entidade máxima do futebol brasileiro por mais de 20 anos e chegou a trabalhar com Dunga na Seleção. Na sua análise, mesmo com a dolorosa eliminação na Copa do Mundo de 2010, o treinador pode se orgulhar de ter conseguido montar uma equipe competitiva na época.

- Eu sempre defendo a experiência. Acho que o Dunga, na primeira passagem pela Seleção, conquistou bons resultados. Ele conseguiu formar um grupo, e o primeiro dever da comissão técnica é formar um grupo competitivo. Ele ganhou a Copa América, a Copa das Confederações, foi o primeiro nas eliminatórias… – lembra Américo.

Na próxima terça-feira, a CBF oficializará o retorno do treinador que levou o Brasil até às quartas de final da Copa de 2010, mas acabou eliminado com uma derrota por 2 a 1 para a Holanda. O comunicado será dado às 11h (de Brasília), em coletiva de imprensa, na nova sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Mesmo estando fora da confederação, Américo se dá o direito de dar um pitaco nos deveres do novo treinador: para ele, Dunga precisa, mais do que tudo, olhar para a base da seleção brasileira.

- Agora é um momento de formação dos atletas, acho que é um momento de apoio para que isso seja feito. Se eu pudesse dar uma sugestão, eu iria sugerir que ele (Dunga) trabalhasse com a seleção sub-21 para as Olimpíadas, utilizando quatro ou cinco jogadores acima da idade. E essa seleção seria a base da própria seleção principal para a Copa de 2018 – concluiu ele.

Fonte: G1/Esporte

Read More →

Lista de remédios que ficaram mais baratos sobe para 1.645 itens

3425643042A lista de medicamentos com desconto por conta da isenção de imposto PIS/Cofins passa a ter 1.645 produtos a partir desta segunda-feira (21), com a atualização da lista de preços da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A agência reduziu o preço máximo de mais 174 medicamentos, que passam a ter desconto médio de 12% nas farmácias por conta da retirada dos impostos. Foram incluídos, por exemplo, remédios para disfunção erétil, prevenção de AVC e infarto, tratamento de depressão, indução de ovulação e anti-inflamatórios.

A lista geral com os valores de todos os medicamentos que têm os preços controlados  é atualizada mensalmente e indica os valores máximos que cada produto pode ter para o consumidor.

Já a “lista positiva”, que isenta de PIS/Confins algumas substâncias, foi criada em 2001 e desde então é atualizada periodicamente com os que recebem isenção de tributos. A última atualização foi feita em 2007. Essa lista representa 75,4% dos medicamentos comercializados em todo o país, de acordo com o Ministério da Saúde.

Tarja vermelha e preta
Quase todos os medicamentos tarja vermelha e preta estão isentos de PIS/Cofins, o que diminui o custo de remédios usados no tratamento de artrite reumatoide, câncer de mama, leucemia, hepatite C, doença de Gaucher e HIV, entre outros, diz o ministério.

Os critérios estabelecidos pelo ministério e pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) para escolher as substâncias que terão isenção leva em conta “as patologias crônicas e degenerativas; os programas de saúde do governo instituídos por meio de políticas públicas e a essencialidade dos medicamentos para a população”.

A CMED é responsável pelo monitoramento dos preços dos remédios e por garantir que as reduções de imposto sejam integralmente refletidas nos preços fixados como teto para os produtos.

Fonte: G1 notícias/Economia

Read More →

Separatistas entregam caixas-pretas do voo MH17 a especialistas malaios

queda2O líder dos separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia, Aleksander Borodai, entregou nas primeiras horas desta terça-feira (22), pelo horário local, as duas caixas-pretas do avião da Malaysia Airlines, que caiu na semana passada na região, para especialistas da Malásia, segundo informam as agências de notícias internacionais.

“Aqui estão as caixas-pretas”, disse Borodai em uma sala cheia de jornalistas na sede da autoproclamada “República Popular de Donetsk”, enquanto um rebelde armado colocava as caixas sobre uma mesa.

Os dois lados assinaram um documento, que Borodai classificou como um protocolo para finalizar o procedimento. De acordo com declaração de Mohamed Sakri, uma autoridade do Conselho de Segurança da Malásia no local, as duas caixas-pretas estão “em boa condição”.

Na ocasião, os separatistas também anunciaram um cessar-fogo dos confrontos com o Exército da Ucrânia em um raio de 10 km em torno do local em que caiu o Boeing, para facilitar a investigação das causas do acidente.

Nesta segunda, o trem refrigerado com os cerca de 300 corpos de vítimas do avião da Malaysia Airlines deixou no início da noite (hora local) a estação de trem de Torez em direção a Kharkiv, na região vizinha de mesmo nome, em que já espera um grupo de especialistas forenses de vários países.

Depois, os restos mortais serão transportados a Amsterdã em um avião militar Hercules C130 da Holanda, com seis membros de uma equipe malaia que os acompanhará também no trem, segundo declarou Najob Razak, premiê daMalásia. De acordo com o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, o governo da Ucrâniaconcordou que as identificações dos corpos sejam feitas na Holanda.

Os Estados Unidos afirmam que o avião foi derrubado por um míssil disparado de uma zona sob controle de rebeldes apoiados pelaRússia. Um general do estado-maior do exército russo, Andrei Kartopolov, negou nesta segunda que Moscou tenha fornecido aos separatistas mísseis antiaéreos.

Ele levantou suspeitas sobre Kiev, ao afirmar que um caça ucraniano estava a uma distância de 3 a 5 quilômetros do avião da Malaysia Airlines pouco antes do acidente.

“Com que objetivo um avião caça voava a esta altitude e ao mesmo tempo que um avião civil?”, se perguntou o militar.

Fonte: G1 notícias

Read More →

Líder do Hamas diz que não aceitará cessar-fogo unilateral

downloadO líder do Hamas na Faixa de Gaza disse nesta segunda-feira (21) que o grupo islâmico não aceitará um cessar-fogo unilateral com Israel – enquanto o ministro de Defesa israelense prometeu continuar lutando “enquanto for necessário”.

Ismail Haniyeh, chefe do Hamas em Gaza, disse que o grupo manterá sua posição, e que antes de parar com os bombardeios a Israel, quer garantias de que o país judeu e o Egito abrandem significativamente o bloqueio de sete anos à fronteira com Gaza.

O confronto entre o Hamas e Israel dura 14 dias e já deixou 500 palestinos e 27 israelenses mortos.

Haniyeh disse em um discurso na TV que o objetivo da batalha é acabar com o bloqueio ao território palestino, imposto por Israel e pelo Egito após o Hamas ter vencido uma eleição e tomado o poder em Gaza em 2007. No último ano, o Egito aumentou as restrições, levando o Hamas a uma grave crise financeira.

O líder palestino disse que todos os 1,7 milhão de moradores de Gaza compartilham suas demandas. “Gaza decidiu acabar com o bloqueio com seu sangue e sua coragem. Esse cerco, esse injusto cerco, deve acabar”, disse ele, segundo informou a agência Associated Press.

A ONU divulgou nesta segunda que, desde o início da ofensiva israelense contra a Faixa de Gaza, mais de 100 mil palestinos foram obrigados a deixar suas casas e buscam refúgio com a Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA).

“Este é um momento decisivo para a ONU, porque o número de pessoas que buscam refúgio junto a nossos estabelecimentos é mais do que o dobro do número de deslocados durante o conflito em 2009″, indicou o porta-voz da agência, Christopher Gunnes, que anunciou a abertura de mais 69 abrigos no enclave palestino.

Soldados mortos
Israel confirmou nesta segunda a morte de sete soldados durante combates com militantes do Hamas. Nas duas semanas da ofensiva israelense em Gaza, o número de soldados mortos é de 25 – segundo o jornal ‘The New York Times’, dois deles eram americanos.

O exército não deu mais detalhes sobre as mortes. Segundo a mídia local, na manhã desta segunda palestinos passaram pela fronteira entre Israel e Gaza por um túnel escondido e houve confronto com vítimas.

Ataque a hospital
Também nesta segunda, um ataque israelense contra um hospital do centro da Faixa de Gaza deixou pelo menos quatro mortos, segundo o Ministério da Saúde local. Outras 16 pessoas ficaram feridas. Segundo um porta-voz do ministério, o ataque atingiu o terceiro andar do hospital Al-Aqsa, em Deir el-Balah. O andar abrigava uma unidade de tratamento intensivo.

Outras bombas atingiram o lado de fora do hospital. A Cruz Vermelha foi chamada para ajudar a retirar os pacientes.

O Exército israelense não comentou o caso. No passado, as Forças Armadas de Israel acusaram os militantes do Hamas de dispararem foguetes dos terrenos de hospitais de Gaza e de utilizarem as instalações como refúgio.

ONU e EUA
O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu no domingo “o fim imediato das hostilidades”. O Conselho de Direitos Humanos ONU disse que realizará uma sessão de emergência na quarta-feira (23) sobre a ofensiva de Israel em Gaza, a pedido do Egito, Paquistão e dos palestinos.

A Casa Branca reiterou nesta segunda que Israel tem o direito de autodefesa, mas que deve fazer todo o possível para proteger civis.

O presidente do Conselho, o gabonês Baudelaire Ndong Ella, recebeu na sexta-feira (18) uma carta assinada pelo representante permanente do Egito, em nome do grupo árabe, de seu colega paquistanês, em nome da Organização para a Cooperação Islâmica, e do observador permanente do Estado da Palestina, pedindo a convocação de uma sessão especial. Para convocar esse tipo de reunião é necessário o apoio de pelo menos um terço dos membros do Conselho, ou seja, 16 países.

Turquia decreta luto
A Turquia declarou nesta segunda três dias de luto em homenagem às vítimas palestinas da ofensiva israelense na Faixa de Gaza, chamando de ‘massacre’ a operação militar.

“Nós condenamos o massacre do povo palestino por parte de Israel”, declarou à imprensa em Ancara o vice-primeiro-ministro turco, Bulent Arinc. “Em um gesto de solidariedade com o povo palestino, três dias de luto foram declarados a partir de amanhã” (terça-feira), indicou.

Fonte: G1 notícias

Read More →

Fla acerta contratação de Eduardo da Silva e quer apresentá-lo até sexta

eduardo-da-silva-atacante-da-croacia-1381258271027_615x300O brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva já pode ser considerado jogador do Flamengo. Ele chega ao Rio de Janeiro na manhã da próxima quinta-feira para acertar os últimos detalhes e assinar contrato em reunião com a diretoria. O Rubro-negro quer apresentá-lo até sexta-feira.

O vínculo será até dezembro de 2015. O meia se despediu da seleção da Croácia e trata as questões finais da mudança para o Brasil. O jogador retorna ao país depois de 15 anos fora e chega com o aval da comissão técnica.

A curiosidade da negociação esteve ligada ao fato de o diretor executivo do Flamengo, Felipe Ximenes, ter despistado as tratativas com o atleta. As partes iniciaram as conversas durante a Copa do Mundo, quando Eduardo da Silva defendeu a Croácia.

A história do meia é curiosa. Ele foi um dos destaques da Taça das Favelas e despertou o interesse do Dínamo de Zagreb, da Croácia. Suas atuações foram tão boas que ele se naturalizou pelo país e passou a defender a seleção local. Mas foi no Arsenal, da Inglaterra, que tornou-se conhecido mundialmente. Após perder espaço, Eduardo se transferiu para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, onde ficou por cinco temporadas.

Convocado para a disputa da Copa do Mundo, Eduardo da Silva não teve muitas oportunidades e viu a Croácia ser eliminada ainda na primeira fase – Brasil e México avançaram às oitavas de final. Antes de acertar com o Flamengo, o meia de 31 anos fez questão de se despedir da seleção nacional.

Fonte: UOL/esporte

Read More →

Juros ficam em 11% pelo 3º mês seguido, mesmo com inflação fora da meta

taxas-de-juros-3O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, manteve a taxa básica de juros (Selic) em 11% ao ano. A decisão foi unânime. Segundo o Copom, a manutenção foi decidida para “este momento”, após avaliação do “cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação”.

É a terceira reunião seguida do Copom em que os juros ficam nesse nível. Em abril, o BC subiu os juros de 10,75% para 11%. Em maio e agora, ficaram na mesma. Até abril, os juros vinham subindo numa série de nove altas seguidas, desde abril de 2013.

A manutenção dos juros, esperada pelos analistas, foi decidida mesmo com a inflação em alta. O IBGE divulgou no começo do mês que a inflação em junho estourou o limite máximo estipulado pelo governo, atingindo 6,52% no acumulado de um ano (a meta anual é 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para baixo ou para cima: ou seja, pode ir de 2,5% a 6,5%).

A Selic é usada para tentar controlar a inflação. Em tese, com juros altos, pessoas e empresas fazem menos dívidas e consomem menos, o que segura a alta de preços. Com juros menores, há mais consumo, segundo a teoria.

Em comunicado, o BC informou que “avaliando a evolução do cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação, o Copom decidiu, por unanimidade, neste momento, manter a taxa Selic em 11% ao ano, sem viés”. Essa foi uma repetição do texto da reunião anterior, em maio. Sem viés significa que o BC não indica nem tendência de alta nem de baixa para a próxima reunião.

A poupança continua rendendo com seu potencial máximo. Uma nova regra de 2012 estabelece que ela renda menos quando a Selic estiver igual ou inferior a 8,5% ao ano. Nesse caso, a poupança daria 70% da Selic mais a TR. Como está acima disso, o rendimento é o tradicional: 6,17% ao ano mais a TR.

Taxa de juros é ferramenta para tentar combater inflação

A Selic é usada pelo BC para tentar controlar o consumo e a inflação, ou estimular a economia. Analistas já esperavam uma alta da taxa de juros para combater a alta de preços, que tem preocupado o governo.

Quando os juros sobem, as pessoas tendem a gastar menos e isso faz o preço das mercadorias cair, controlando a inflação, em tese. Por outro lado, juros altos seguram a economia e fazem o PIB (Produto Interno Bruto) ficar baixo.

Se os juros estão elevados, as empresas investem menos, porque fica caro tomar empréstimos para produção, e as pessoas também reduzem seus gastos, porque o crediário fica mais alto. Essa situação deixa a economia com menos força. O lado bom é que investimentos baseados em juros são beneficiados e rendem mais para o aplicador.

Por outro lado, com juros mais baixos, há mais consumo e mais risco de inflação, porque as pessoas compram mais e nem sempre a indústria consegue produzir o suficiente. Quando há falta de produtos, a tendência é que eles fiquem mais caros.

A taxa básica de juros orienta o restante da economia, mas há pouco impacto na vida prática de quem precisa usar o cheque especial ou cartão de crédito. Analistas dizem que essas taxas são tão altas que pequenas variações na Selic são incapazes de aliviar ou pesar no bolso no dia a dia.

Entenda o Copom

O Copom foi instituído em junho de 1996 para estabelecer as diretrizes da política monetária e definir a taxa de juros, mas a Selic já era usada como indicador desde 1986.

As reuniões do Copom ocorrem a cada 45 dias em Brasília.

O colegiado é composto pelo presidente do Banco Central e os diretores de Administração, Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos, Fiscalização, Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural, Política Econômica, Política Monetária, Regulação do Sistema Financeiro, e Relacionamento Institucional e Cidadania.

Fonte: UOl/Economia

Read More →

Alemanha vai assumir a liderança do ranking, e Brasil deve cair para oitavo

alemanha_taca2_reu_95A Copa do Mundo trará mudanças relevantes no ranking da Fifa e, na próxima atualização, a Espanha, eliminada ainda na primeira fase no Brasil, não ocupará mais o primeiro posto. A tendência, segundo a previsão de pontos ganhos, é que a campeã Alemanha assuma a liderança. Já o Brasil, quarto colocado no torneio, deve cair da terceira para a oitava posição da classificação.

A Espanha deixará um posto que é seu desde o término da Copa de 2010. Neste ciclo de quatro anos, a Roja só deixou a primeira posição em apenas uma ocasião, em agosto de 2011, quando foi passada pela Holanda. Já a Alemanha não lidera a lista desde junho de 1994, às vésperas do Mundial dos Estados Unidos.

Outra seleção que despencará na lista será Portugal de Cristiano Ronaldo, atual quarto colocado. O time de Cristiano Ronaldo foi eliminado na primeira fase e não deverá mais figurar entre os dez primeiros. O mesmo vale para forças como Itália e Inglaterra. As duas deixaram o Mundial precocemente e, ao que tudo indica, também estarão fora do top 10.

Dessa forma, essas seleções abrirão espaço para outras equipes subirem no ranking. Invicta no Mundial, a Holanda dará um grande salto e deverá deixar a modesta 15ª colocação rumo à terceira. A Bélgica também deve retomar um lugar entre as dez primeiras, assim como a França, atualmente no 17º posto.

Apesar de chegar às semifinais, o Brasil ganhou apenas três das sete partidas disputadas durante o Mundial: Croácia (3 a 1), Camarões (4 a 1) e Colômbia (2 a 1). Além disso, foi derrotada duas duas vezes e, por conta do aproveitamento, até perdeu pontos no ranking – caiu de 1242 para 1220. A Colômbia, por exemplo, foi eliminada antes, nas quartas de final, mas venceu quatro das cinco partidas que foi a campo. Por isso, saltou de 1147 para 1330 pontos.

É bom destacar que a conta possui variações e, como a própria Fifa faz questão de destacar, trata-se apenas de uma projeção. Apesar de se basear em resultados em campo, o ranking que divulgará as posições de cada seleção de forma oficial sairá apenas nos próximos dias.

Confira como deve ficar o ranking, segundo a projeção, e as respectivas pontuações:

1º Alemanha (1761)
2º Argentina (1689)
3º Holanda (1525)
4º Colômbia (1492)
5º Bélgica (1401)
6º Uruguai (1330)
7º Espanha (1229)
8º Brasil (1220)
9º Suíça (1216)
10º França (1202)

Fonte: G1/esporte

Read More →

Ex-diretor da Petrobras é denunciado por fraude em licitação com Odebretch

Destaques_PetrobrasO Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou à 27ª Vara Criminal da Capital, nesta quarta-feira (16), o ex-diretor internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, o diretor de contratos da Odebrecht, Marco Antonio Duran, e outras sete pessoas por fraude em licitação. Se a Justiça aceitar a denúncia e eles forem condenados, podem pegar até quatro anos de prisão.

O MP-RJ também requereu a perda dos empregos públicos e pagamento de multa de 2% sobre o valor do contrato licitado. Segundo a denúncia, Zelada, com o auxílio de advogado, técnico e engenheiros da companhia, direcionou o processo licitatório do Plano de Ação de Certificação em Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Área Internacional em favor da empreiteira, resultando na contratação da Odebrecht pelo valor de US$ 825.660.293,73 dólares, em setembro de 2010.

Ainda segundo o MP, o ex-diretor violou o ato convocatório da licitação, determinando que a contratação dos serviços se desse de forma centralizada. Duas comissões foram criadas, de contratação e de licitação, onde seus integrantes assinavam atas sem tomarem ciência efetiva do teor de documentos e reuniões. A aprovação do projeto por Zelada se deu ainda sem as avaliações prévias obrigatórias dos comitês de gerentes gerais e de gerentes executivos da empresa.

Também foram denunciados Aluísio Teles Ferreira Filho (engenheiro da Petrobras), Venâncio Pessoa Igrejas Lopes Filho (advogado da Petrobras), Alexandre Penna Rodrigues (engenheiro da Petrobras), Ulisses Sobral Calile (técnico de inspeção de equipamentos transferido da Transpetro para a Petrobras exclusivamente para tomar parte na licitação), Sócrates José Fernandes Marques da Silva (engenheiro da Petrobras), João Augusto Rezende Henriques (ex-empregado da Petrobras) e Rodrigo Zambrotti Pinaud.

O MP também providenciou o encaminhamento do caso para o Núcleo de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (NCCLD) da Polícia Civil do Rio de Janeiro, para que seja instaurado inquérito relativo à fraude, incluindo também a venda da refinaria de San Lorenzo (projeto Atreu); aquisição de participação de 50% no bloco 2714 – A, offshore da Namíbia; a contratação da empresa Vantage Deepwater Company – serviços de perfuração do navio sonda Titanium Explorer; e a venda de 27,3% da participação indireta na Edesur (distribuidora de energia argentina).

A denúncia foi baseada no relatório de auditoria interna realizada pela própria Petrobras e subscrita pelos promotores de Justiça Alexandre Themístocles, Cláudia Condack e Andrea Amin da 1ª Central de Inquéritos.

Fonte: G1 notícias

Read More →

Movida por vexame, CBF prepara mudanças na seleção

felipao_jogo4_reu_95O vexame histórico da goleada sofrida diante da Alemanha, por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo, levou a CBF a preparar um pacote de mudanças na seleção brasileira – e até em outros cargos da entidade. Nenhuma decisão, no entanto, será anunciada antes da disputa do terceiro lugar, no sábado, em Brasília.

O jogo entre Brasil e Alemanha ainda estava em curso, e os aliados da cúpula da confederação já pressionavam por uma “mudança geral” no comando da seleção. José Maria Marin e Marco Polo Del Nero – respectivamente o presidente da CBF e seu sucessor já eleito – ouviram muita gente pedir a queda de Luiz Felipe Scolari e de sua comissão técnica.

Há quase um consenso de que Tite (ex-Corinthians) é o nome ideal para substituir Felipão. Na CBF, há a ideia de Alexandre Gallo dirigir a seleção olímpica (sub-23, com possibilidade de três reforços mais velhos) nos Jogos de 2016, que serão no Brasil.

A pressão vem do mesmo lugar de onde até ontem só vinham elogios e pedidos – pedidos de ingressos para jogos da Copa, de ajuda financeira, de todo tipo, enfim. Em 16 de abril, Del Nero foi eleito presidente da CBF para o período entre 2015 e 2019 – a votação, da qual participam presidentes de clubes da Série A e das 27 federações estaduais foi praticamente uma aclamação.

TERCEIRO LUGAR VALE

Antes do início da Copa, Marin e Del Nero procuraram Felipão para dizer que queriam sua permanência à frente da seleção “seja qual for o resultado”. O técnico respondeu que sua prioridade era o Mundial e que depois conversariam.

Felipão hoje está mais preocupado com a disputa do terceiro lugar. O técnico vê no jogo a ser disputado em Brasília uma chance de resgatar em alguma medida a imagem e o orgulho do time. Por outro lado, vê o risco de a situação piorar ainda mais – por isso se preocupa tanto.

O treinador se inspira na Copa de Alemanha. Na ocasião, os anfitriões também caíram nas semifinais, para a Itália. Felipão participou daquela decisão de terceiro lugar, em Stuttgart, porque era técnico de Portugal. Viu a cidade fazer festa, a Alemanha jogar bem, ganhar por 3 a 1 e terminar a Copa de maneira digna, de bem com a torcida.

A diferença é que a Alemanha perdeu a semifinal nos momentos finais da prorrogação, quando todo o estádio em Dortmund já esperava os pênaltis. E o Brasil foi humilhado desde os minutos iniciais no Mineirão.

Fonte: G1/esporte Copa do Mundo

Read More →